Tag Archives: ahlan wa sahlan

Amara Saadeh

16 jun

A imagem de Amara está fortemente relacionada a Rede de Escolas Luxor, no Brasil e no exterior. Em 2002 ingressou como professora, mas em 2006 assumiu a coordenação das professoras da Luxor. É diretora artística, coreógrafa e bailarina. Porém, sua história na dança é mais antiga.

Começou a fazer balé com seis anos, depois se encaminhou para o jazz e só aos14 adança do ventre chamou a sua atenção. Formada em economia, esta bailarina sempre procurou se aperfeiçoar com mestres conhecidos como Raqia Hassan, Randa Kamel, Dina, Mahmoud Reda e Yoursry Sharif. Depois de firmar seu nome no Brasil, foi convidada para participar do Ahlan Wa Sahlan, no Egito, em 2007, evento do qual continua participando e levando o nome da rede. Também apresentou-se na Argentina, Chile, Colômbia, Espanha, México e Venezuela.

Há quem diga que a sua dança mudou durante estes anos todos. Se analisarmos a sua dança, é possível identificar influências da dança clássica e também do estilo egípcio. Esta é também uma opção muito utilizada para formação das professoras da rede Luxor e, segundo a própria bailarina, isso acontece porque não basta a técnica, mas o emocional e o sentimental também.

E pra quem não gostou da apresentação dela no Ahlan Wa Sahlan com o “Rebolation”, em entrevista, Amara explica que sempre precisa colocar um toque de brasilidade. Aliás, outra marca registrada sua é a franja loira em contraste com o cabelo escuro ou avermelhado. Costuma usar o tradicional conjunto de saia e bustiê e é comum ver apresentações com véu.

Veja + Bailarinas aqui

Anúncios

Videoteca: Wendy Chiu (fusão oriental)

4 mar

 

Wendy Chiu é uma bailarina que realmente gosta de fusões. Se pesquisar sobre ela, encontrará vídeos relacionados a fusão com tango, jazz e outras tantas.

Aqui no Cadernos, vimos até agora a mistura da dança do ventre com samba, bellynesian, odissi (dança indiana), flamenco, jazz, balé e hip hop. Já que estamos estudando o assunto, selecionamos esta semana o vídeo da bailarina de Taiwan para conhecermos um pouco desta fusão com a dança oriental.

A performance ocorreu no Ahlan Wa Sahlan, em 2010. Note como são as roupas, a postura e principalmente os dedos, mãos e braços. De quebra, ela também usa véu fan. Além do vídeo acima, mais curto, sugerimos um outro no Youtube, mais longo, feito por outra câmera neste mesmo dia do evento.

Veja + Videoteca aqui

Videoteca: Munique Neith (interação com os músicos)

21 jan

Dançar acompanhada de uma banda ou de músicos ao vivo é um desafio ainda maior para qualquer bailarina, até as mais experientes. Por isso, é fundamental ter conhecimentos sólidos e integração com os músicos.

Para analisar um pouco melhor, selecionamos um vídeo da Munique Neith e, de quebra, aproveitamos para conhecer um pouquinho desta brasileira que fez carreira na Espanha.

Na apresentação acima, ela está acompanhada do professor de dança e percussionista Mohamed el Sayed e de Fernando Dipiaggi no sopro. Note como ora ela acompanha a melodia e ora a percussão, fazendo os passos com a mesma intensidade do instrumento tocado. Ou seja, se o músico e o instrumento passam leveza, nada de movimentos fortes e intensos, característicos desta bailarina em outras performances.
Munique deu aulas em diversos países, mas estabeleceu-se em Barcelona, onde abriu a primeira escola espanhola de dança do ventre. Desde 2008, dá aulas no “Ahlan Wa Sahlan”, festival promovido por Raqia Hassan. Neste ano, estará no XIII EIDA – Encuentro Internacional de Danzas Arabes, do Amir Thaleb. Mas a carreira desta bailarina é tema de um post futuro…

Veja + Videoteca aqui

%d blogueiros gostam disto: