Tag Archives: como tocar

Videoteca: solo de snujs (Anthea Kawakib e Amina Salah)

18 mar

Talvez você tenha estranhado o título do post de hoje, mas é isso mesmo. Depois de já estudarmos os címbalos (leia o texto), bailarinas que detonam nas apresentações como eles – como é o caso de Ansuya– e até ver perfomances da Randa Kamel à capela, ou seja, sem músicos, apresentamos mais essa: solo de snujs, totalmente sem música!

Vencer os snujs e conseguir dominá-los não é uma tarefa fácil. Alunas e professoras costumam suar para ter coordenação para tocá-los enquanto dançam. Mas, não é que tem pessoas que resolvem fazê-los do destaque da apresentação?

Selecionamos dois vídeos para a videoteca de hoje. Ali em cima você viu a Anthea Kawakib (site oficial), que já tem mais de 15 anos de carreira. Olha só o que ela é capaz de fazer!

Está achando que ela é a única? Então veja a Amina Salah, da companhia The Beledi Dance Caravan (BDC), que atua nas cidades de Boulder e Denver, nos Estados Unidos.

Inspirou-se? Deixe a preguiça de lado, saia já do computador e vá treinar com seus snjus!

Não esqueça de dar uma passadinha na nossa área de ritmos para pegar dicas, frases musicais e ouvir as batidas.

Veja + Videoteca aqui

Anúncios

Evento: Curso de derbake

29 jan

Meninas, já falamos aqui sobre o instrumento, a experiência de tocá-lo até mesmo apresentamos em uma Videoteca com a percussionista Raquy Dazinger. Pois bem, se você tem interesse em tocar este instrumento, este curso pode ser muito bacana.

Você aprenderá um pouco mais sobre o derbake e sua história no Brasil. Conhecerá as formas corretas de fazer os toques básicos, afinal, não basta bater no derbake e como fazer transições. Além disso, vai ter noções de tempo, compasso e, fundamental, postura para tocar. O material didático inclui gravações em MP3 para estudo dos ritmos soudi, baladi, ayub, saidi, masmoudi, laff, rush e floreados. Quem concluir o curso que se inicia em 12/02 terá um certificado. Corram, pois as turmas terão no máximo 10 alunos.

Com quem? Ruka
Quando? de fevereiro a julho, de quinze em quinze dias, aos sábados. Das 13h30 às 15h ou das 15h às 16h30.
Onde? Shiva Nataraj – Rua Bom Sucesso n. 1119 – Tatuapé
Quanto? R$ 150,00 (mensal) ou R$130,00 (promocional para alunos do curso técnico da escola)
Mais informações:11) 2296-8969 ou 2295-7892

Jabelee

22 nov

Ritmo folclórico e original das montanhas do Líbano. É muito usado nos países de origem árabe, especialmente em festividades, dado que é um ritmo bem alegre. Também é muito comum encontrá-lo em rodas de Dabke. O jabalee, ou soudasi, também é conhecido como uma variante do Said.

 
Composição
A forma escrita do jabalee, que é um ritmo 4/4,  é grafada desta forma:

DUM DUM DUM TA DUM

Com a emenda, fica assim:

DUM DUM DUM TA DUM TAKA KATA DUM DUM DUM TA DUM

 
Características
É tocado por um grupo de pessoas que habitam as montanhas, conhecidas pelo mesmo nome do ritmo, em festividades regionais. Nestas músicas, há muitos instrumentos de sopro e percussão, para marcar bem o ritmo. Diz-se que um deles é uma espécie de bumbo, também usado nas danças gaúchas.

 

 

Como treinar
Este é um ritmo mais simples de tocar, pois é formado por muitos DUMS. Comece a tocar os snjus pela frase simples. Quando conseguir agilidade, coloque a emenda e treine a sequência. Treine o ritmo puro, com a ajuda de um CD.


Dicas de passos
Saiba que os passinhos usados com este ritmo estão muito mais próximos do folclore, em especial, do próprio dabke. Por isso, força nas pernas para fazer as sequências de batidas de pé, entre outros. Se souber alguns passos específicos além destes, deixe aqui nos comentários e complementamos o texto citado a fonte.

Veja + Ritmos aqui

%d blogueiros gostam disto: