Tag Archives: Mohamed El Sayed

Videoteca: Munique Neith (interação com os músicos)

21 jan

Dançar acompanhada de uma banda ou de músicos ao vivo é um desafio ainda maior para qualquer bailarina, até as mais experientes. Por isso, é fundamental ter conhecimentos sólidos e integração com os músicos.

Para analisar um pouco melhor, selecionamos um vídeo da Munique Neith e, de quebra, aproveitamos para conhecer um pouquinho desta brasileira que fez carreira na Espanha.

Na apresentação acima, ela está acompanhada do professor de dança e percussionista Mohamed el Sayed e de Fernando Dipiaggi no sopro. Note como ora ela acompanha a melodia e ora a percussão, fazendo os passos com a mesma intensidade do instrumento tocado. Ou seja, se o músico e o instrumento passam leveza, nada de movimentos fortes e intensos, característicos desta bailarina em outras performances.
Munique deu aulas em diversos países, mas estabeleceu-se em Barcelona, onde abriu a primeira escola espanhola de dança do ventre. Desde 2008, dá aulas no “Ahlan Wa Sahlan”, festival promovido por Raqia Hassan. Neste ano, estará no XIII EIDA – Encuentro Internacional de Danzas Arabes, do Amir Thaleb. Mas a carreira desta bailarina é tema de um post futuro…

Veja + Videoteca aqui

Samira Hayek

14 out

A venezuelana Samira Hayek nasceu em uma família tradicional libanesa, mas iniciou seus estudos no balé clássico quando tinha apenas seis anos. Na adolescência descobriu a dança do ventre e treinou durante cinco anos com Julio Campos (Zekha), mestre angolano.

A partir daqui, Samira não parou mais. Teve aulas com os argentinos Amir Thaleb – que a influenciou a dançar jazz como um complemento na sua formação-, Saida, Maiada e Sarat, com a americana Bozenka e o egípcio Mohamed El Sayed.

Sua carreira deslanchou. Foi escolhida para participar do primeiro balé de Danças Árabes da Venezuela “Amali” no qual ela representou a Argentina por todo o ano de 2006. Ótimo período para treinar com Oracio e Beata Cifuentes,da Colombia e Canadá respectivamente. Estava na hora de ir para o Egito. Lá, Samira estudou com Raqia Hassan, Dr. Mo Guedawi, Momo Kadous, Mona El Said, Randa Kamel, Munique Neith, Soraya Zaied, Amara (Brasil), Khamis Khenshes (Egito) e Abdel Fattah Naeem (Egito).

Em 2008, criou com sua amiga Gloria Hashad o Balé Nacional de Danças Árabes Aswan, companhia para transmitir seus conhecimentos da dança do ventre por dentro e fora da Venezuela.  Depois de um ano, lá estava a sua companhia no festival egípcio Ahlan Wa Sahlan no qual levaram o terceiro lugar do pódium.

Assista a uma apresentação do grupo de Samira Hayek

Esta conquista foi reconhecida pelo embaixador do Egito na Venezuela, Alí Salah Mourad e também pela La Tele, rede de televisão que abriu uma temporada fixa para mostrar o trabalho do grupo de Samira.

Foi difícil encontrar algum vídeo com ótima qualidade de imagem e som, mas selecionamos um no qual ela dança um folclore. Comum às bailarinas da América do Sul, Samira Hayek tem um estilo que mistura dança do ventre e jazz.

Deslocamentos grandiosos estão presentes nas apresentações bem como arabesques e trabalhos de braços. Marcações fortes aparecem entre as ondulações suaves que a venezuelana faz questão de mostrar sua descedência libanesa.

Quer saber mais sobre esta bailarina? Acesse o blog profissional dela, em espanhol.

Veja + Bailarinas aqui

%d blogueiros gostam disto: