Tag Archives: Randa Kamel

Videoteca: Randa Kamel

8 jul

A egípica Randa Kamel traz mais uma forma de dançar com wings. Sem os bastões de sustenção da asas, ela segura a ponta do véu com os dedos, deixando o pesado tecido mais leve com seus movimentos.

As famosas batinhas sequinhas estão presentes nesta apresentação, bem como as fendas e decotes avantajados. Neste vídeo podemos ver o entrosamento que esta bailarina tem com a banda, bem como o domínio dos movimentos.

Além disso, mostra que nem todo taqsim precisa ser dançado com tremidinhos. As ondulações, poses e braços podem muito bem dar conta do recado.

Veja + Videoteca aqui

Anúncios

Amara Saadeh

16 jun

A imagem de Amara está fortemente relacionada a Rede de Escolas Luxor, no Brasil e no exterior. Em 2002 ingressou como professora, mas em 2006 assumiu a coordenação das professoras da Luxor. É diretora artística, coreógrafa e bailarina. Porém, sua história na dança é mais antiga.

Começou a fazer balé com seis anos, depois se encaminhou para o jazz e só aos14 adança do ventre chamou a sua atenção. Formada em economia, esta bailarina sempre procurou se aperfeiçoar com mestres conhecidos como Raqia Hassan, Randa Kamel, Dina, Mahmoud Reda e Yoursry Sharif. Depois de firmar seu nome no Brasil, foi convidada para participar do Ahlan Wa Sahlan, no Egito, em 2007, evento do qual continua participando e levando o nome da rede. Também apresentou-se na Argentina, Chile, Colômbia, Espanha, México e Venezuela.

Há quem diga que a sua dança mudou durante estes anos todos. Se analisarmos a sua dança, é possível identificar influências da dança clássica e também do estilo egípcio. Esta é também uma opção muito utilizada para formação das professoras da rede Luxor e, segundo a própria bailarina, isso acontece porque não basta a técnica, mas o emocional e o sentimental também.

E pra quem não gostou da apresentação dela no Ahlan Wa Sahlan com o “Rebolation”, em entrevista, Amara explica que sempre precisa colocar um toque de brasilidade. Aliás, outra marca registrada sua é a franja loira em contraste com o cabelo escuro ou avermelhado. Costuma usar o tradicional conjunto de saia e bustiê e é comum ver apresentações com véu.

Veja + Bailarinas aqui

Videoteca: solo de snujs (Anthea Kawakib e Amina Salah)

18 mar

Talvez você tenha estranhado o título do post de hoje, mas é isso mesmo. Depois de já estudarmos os címbalos (leia o texto), bailarinas que detonam nas apresentações como eles – como é o caso de Ansuya– e até ver perfomances da Randa Kamel à capela, ou seja, sem músicos, apresentamos mais essa: solo de snujs, totalmente sem música!

Vencer os snujs e conseguir dominá-los não é uma tarefa fácil. Alunas e professoras costumam suar para ter coordenação para tocá-los enquanto dançam. Mas, não é que tem pessoas que resolvem fazê-los do destaque da apresentação?

Selecionamos dois vídeos para a videoteca de hoje. Ali em cima você viu a Anthea Kawakib (site oficial), que já tem mais de 15 anos de carreira. Olha só o que ela é capaz de fazer!

Está achando que ela é a única? Então veja a Amina Salah, da companhia The Beledi Dance Caravan (BDC), que atua nas cidades de Boulder e Denver, nos Estados Unidos.

Inspirou-se? Deixe a preguiça de lado, saia já do computador e vá treinar com seus snjus!

Não esqueça de dar uma passadinha na nossa área de ritmos para pegar dicas, frases musicais e ouvir as batidas.

Veja + Videoteca aqui

%d blogueiros gostam disto: