Tag Archives: Twist

Tito Seif

13 jan

homens na dança do ventreA performance de dança do ventre por homens ainda é considerada um tabu por muitas alunas e professoras. Aqui no Cadernos, não temos este tipo de preconceito e já citamos nomes de grandes mestres como Amir Thaleb e chegou a hora do nosso primeiro biografado.

Tito Seif esteve no Brasil, em 2010, ministrando workshops no 11º Fiel, o que inspirou nossas leitoras a pedirem um textinho sobre ele por aqui. Este egípcio começou a dançar aos 14 anos, mas já gostava desta atividade desde a época de escola, e logo se tornou professor. Daí para frente só cresceu. Com mais de 20 anos de carreira, Tito é famoso por sua presença de palco, simpatia e, claro, por sua técnica apurada. Um de seus passos marcantes é o “twist” batizado com seu nome.

Também desenvolveu um estilo, “shaabi”, inspirado nas ruas do Cairo. Nestes anos todos, absorveu conhecimentos de dança clássica, folclórica egípcia, além de khalige, ghawazzi e outras. O Said com bastões é uma de suas especialidades, a ponto de apresentar-se com não um, nem dois, nem três, mas quatro bastões! Veja abaixo e no link a mesma apresentação em detalhe.

Em entrevista, ele afirmou que dança para contar uma história e que seu estilo é conhecido por traduzir em emoções a música e a canção (fonte: site). Nesta reportagem em vídeo ( em inglês) ele diz que “um homem deve dançar de forma masculinizada, usando alguns movimentos femininos” e que ele até pode imitar uma mulher, mas não perfeitamente, caso contrário, não ficaria confortável e não seria bem aceito.  Repare como possui o quadril absolutamente solto e como envolve o público.

Ministra aulas desde a década de 1990 e já girou o mundo em shows e aulas e, aos 40 anos, continua em atividade, é coreógrafo, dançarino e professor. Seu evento mais famoso é “The Tito Oriental Show”, que ocorre no famoso resort Alf Leyla Wekeyla. Costuma usar túnicas ou camisetas e calças cor creme, com botas ou sapatos e, em geral, um chapéu ou lenço amarrado na cabeça. E você se lembra das famosas apresentações de Jillina em cima do derbake? Pois é, olha o Tito aí …

Veja + Bailarinas aqui

Azza Sharif

2 dez

Azza Sharif às vezes é ofuscada pelo brilho de outras bailarinas contemporâneas. Porém, quem gosta de dança do ventre e quer se aperfeiçoar não pode deixar de estudá-la.

Sua carreira deslanchou mesmo nas décadas de 1970 e 1980, apesar de já dançar desde os 18 anos, em casas como Sahara City e Hilton Al Nile. Consideravam a moça muito nova para dançar no Egito, por isso, mudou-se para o Líbano.

De lá partiu também para Inglaterra e Alemanha até que tivesse idade para voltar para a terra dos faraós. Finalmente, depois de ter completado 20 anos, conseguiu um contrato com a famosa Mena House. Durante sua formação, teve aulas com a mestra Raqia Hassan.

Fez 21 filmes, sendo que contracenou com Tahia Carioca em “Khalli Balak min Zuzu”, uma de suas primeiras experiências cinematográficas. Fez apresentações com músicos como Reda Darwish, Fouad Marzouk e Khamis Khandish. Afirma-se que foi elogiada por Oum Kalthoum: “Seu corpo é perfeito para a dança do ventre,” teria dito a cantora.
É difícil encontrar materiais biográficos sobre Azza Sharif, mas o que realmente importa é analisar um pouco da sua dança. Assim como as egípcias que já estudamos, Azza também dança com uma interpretação forte, colocando alma na música para transmitir seus sentimentos durante a apresentação.
Pesquisando sobre os workshops que já ministrou, descobrimos que isso é tão forte nela que às vezes ela nem passa coreografias e convida as aulas para simplesmente acompanhar seus movimentos.


Um dos mais utilizados por Azza é o twist, aliás, ela recorre a ele de tantas formas e maneiras diferentes que Lulu Sabongi a considera a “Rainha do Twist”. Não pense que isso faz de sua dança algo monótono. Na verdade, ela tem um ótimo repertório de passos que são complementados pela meia ponta alta e braços que emolduram o corpo. Ela também é famosa por suas apresentações de folclore.

Veja + Bailarinas aqui

%d blogueiros gostam disto: