Tag Archives: raks sharki

Vox

11 out

O ritmo vox (foks ou fox) é conhecido por ser uma marcha. Não é um ritmo árabe, mas sim uma variação do foxtrot (presente na música moderna ocidental) que começou a ser usado por compositores egípcios como Mohamad Abdel Wahab.

Normalmente aparece nas entradas das músicas clássicas e é constante e acelerado.

Composição
É um ritmo 2/4 que pode ser tocado seco ou sem interrupção. Seco ele aparece como DUM TA. Ininterrupto fica como DUM TA KA…DUM TA KA….
Para entender esta diferença, veja como cada um aparece.

Faixa Vox puro

Faixa Vox ininterrupto

Cd Jalilah´s Raks Sharki Vol 4

Como treinar
A regra continua a mesma: com as duas mãos bata os snujs para fazer o DUM e varie a mão direita e esquerda com os TA e os KA. Mas o legal deste ritmo não é tocá-lo, mas caminhar dentro da sua composição. Aproveite todos os passos de deslocamento que você aprendeu nas aulas, principalmente os de entrada entre neste ritmo.

Dica de passos
Deslocamentos como se estivesse desfilando, ou seja, caminhe lindamente e deixe os chassés de lado. Postura triunfante sempre. Se quiser, pode usar véu para ficar ainda mais grandiosa.

Veja + Ritmos aqui

Darig

27 set

A origem do ritmo darig (darij) é na região da Pérsia e Turquia, mas foi muito difundido pela Argélia, Marrocos e Tunísia. Por isso, além do darig, encontramos o darig tunesi e o darig samahi.

Características
É comum encontrar este ritmo em músicas que lembram valsas, músicas clássicas como Alf y Leyla, por causa dos seus três DUMs e também na Guedra, que em breve estudaremos aqui no Cadernos.

Como ele pode ser tocado de três maneiras, o jeito mais fácil de diferenciar é acompanhar a localização do DUM.

Composição
O darig é um ritmo 6/4. A sua forma original é simples e começa com um forte DUM.

DUM TAK DUM DUM TA

De forma floreada, ele aparece assim:

DUM TAKATAKATAK TAKATAKA DUM DUM DUM TAK TAKATAKA

Ouça a faixa do Cd Jalilahs Raks Sharki Vol 4 e acompanhe o ritmo e depois ele inserido em uma música.

A versão Samahi, possui somente três DUMs na sua leitura, um a menos do darig puro. Ele fica assim:
DUM TAKATA TAKATA TAKA DUM TAKATA TAKATA TAKA DUM TAKATA TAKATA TAKA.

Lembram do ritmo Samai? Sim, é parecido. O que muda é que o samai é um ritmo 10/8 e o darig samahi, 6/4. Acompanhe a faixa do mesmo cd e ouça o darig samahi.

Na Tunísia, o darig é tocado de uma outra maneira.

DUM TA TA DUM TAKA
Veja abaixo como ele aparece nas músicas.

Como treinar
Pegue seus snujs e bata os DUM com as duas mãos para que ele saia mais forte que os TA e os KA, que podem ser tocados variando de uma mão para outra. Porém, este ritmo não costuma ser tocado pelas bailarinas, logo fica como treino para entender a estrutura e as diferenças entre cada darig.

Se preferir treinar com movimentos de dança do ventre, varie entre batidas fortes e leves.

Dica de passos
Se a sua intenção for dançar este ritmo em músicas clássicas e valsadas, use e abuse de passos clássicos como batidas, toques árabes e até deslocamentos nos DUMs.

Você pode variar entre marcar e fazer movimentos ondulatórios como camelos e oitos. Se ele aparecer com melodias, alterne entre segui-lo ou deixar-se levar pela música em si. A interpretação vai de acordo com a música inteira e não o ritmo puro, já que ele pode aparecer em diversas canções.

Veja + Ritmos aqui

%d blogueiros gostam disto: