Tag Archives: personalidade

Ao mestre com carinho: Angeles e Corel

21 fev

Quem faz dança do ventre sabe direitinho como as alunas são influenciadas pela sua professora. Se não tomarmos cuidado é muito fácil incorporar o estilo, passos e até tiques da nossa mestra. Por isso, é muito comum as próprias profissionais indicarem que as alunas façam aulas com suas colegas e que procurem se aperfeiçoar com professoras diferentes. Tudo em nome da dança! Portanto, hoje vamos nos voltar para o estudo dessa relação e as primeiras vítimas serão Angeles Cayunao e Corel.

Ambas são famosas por gostarem de espetáculos, literalmente shows glamurosos. Angeles gosta de ostentar nas roupas, com direito a plumas e muito brilhante. Para arrematar, quase sempre há um enfeite na cabeça, daqueles que lembram os das nossas passistas de escolas de samba. Corel, por sua vez, é um pouco mais discreta no vestuário e prefere deixar o destaque para os acessórios que usa, como o pói e fan. No vídeo abaixo, sua roupa é moderna, conjunto top-calça com paetês e pontos de luz e os acessórios são, nada menos do que bastões luminosos.


A pupila incorporou direitinho o estilo argentino de dança do ventre, que possui muita influência do jazz. No vídeo selecionado, por exemplo, a apresentação começa com uma sequencia de muitos giros finalizados com um arabesque, passo que se repetirá algumas vezes. Angeles, assim como Corel, tem uma postura bastante alongada e aberta. Veja como ela começa desfilando e depois dá chutinhos altos e faz muitos giros. As batidinhas de quadril são fortes, há uso de arabesques e claro presença dos braços. Esta é, aliás, uma característica comum às duas. Os braços sempre estão em movimento e raras vezes servem de moldura.


Ambas movimentam-se constantemente no palco. Camelos e ondulações, giros de cabeça e marcações de quadril e ombros, os passos são sempre curtos, rápidos e não são repetidos por mais de uma vez. Bom, chega de falar e vamos lá. Assistir aos vídeos com o máximo de atenção e reparar nas semelhanças e diferenças. Com uma análise completa, podemos comparar os estilos de ambas e já ir escolhendo como queremos dançar, para evitar que a nossa performance seja igualzinha a da nossa professora. Afinal, a dança também tem que ter personalidade!

Veja + Bailarinas aqui
Veja + Videoteca aqui
Veja + Dicas aqui

Moda e dança do ventre

15 fev

Meninas, aproveitando o clima da SPFW, que aconteceu em São Paulo de 28 de janeiro a 02 de fevereiro, vamos falar um pouco sobre moda. Muitas leitoras têm dúvidas e escrevem perguntando como explorar melhor as formas do corpo com as roupas de dança do ventre, sobre modelos de saias e se na dança também há o entra e sai da moda.

Para entender melhor esse assunto, entrevistamos Simone Galassi, que já tem mais de 17 anos de carreira na área e já vestiu bailarinas como Lulu Sabongi e Kahina. Simone, que começou com um ateliê de bijuterias, começou a se especializar neste segmento da moda depois que começou a fazer aulas. Como não tinha muitos recursos financeiros, optou por fazer seus próprios acessórios e cinturões. Proprietária do Atelier Simone Galassi, lançou em 2010 uma nova marca, a Brasil Fashion Dance (BFD), com roupas e acessórios para diversos estilos de dança. Ela afirma que a roupa deve refletir a personalidade da bailarina, para que fique mais à vontade para se expressar.

Nesta parte da entrevista, você conhecerá um pouquinho da carreira e da postura da Simone com relação à dança do ventre e terá uma visão um pouco mais ampla da moda neste universo.

1) Você já tem muitos anos de carreira. Como foi o seu trajeto?
Conheci a dança do ventre numa festa das nações, em 1993, e resolvi aprender a dança do ventre. Fazendo aulas, me encantei com seus brilhos e meu ateliê, que era de bijuterias convencionais, acabou direcionando-se para a dança. Com o tempo, fui ganhando a confiança dos clientes e precisei me especializar e estudar moda para atender bem o meu novo mercado.

2) Você acha que cada roupa deve ser única ou defende a reprodução de roupas para bailarinas diferentes?
Apesar de não parecer, o mercado da dança do ventre é bem pequeno e as bailarinas profissionais acabam se encontrando muitas vezes em shows. Não seria muito constrangedor chegar para dançar e a outra bsilsrinsa contratada estar vestindo o mesmo figurino que você? Cada bailarina independente do seu estilo de dança tem sua porção mulher e seu figurino deve respeitar e ser criado exclusivamente a partir dessa personalidade.

3) Como é a moda na dança do ventre? Ela tem mudanças drásticas ou o processo mais lento? Apesar de permitir modelagens que não poderiam ser comercializadas, por enquanto, na moda fashion, a moda para dança do ventre também tem suas limitações devido às tradições e folclore. Durante esses anos como estilista vi a moda para a dança evoluir em relação às modelagens por um período. Hoje a vejo mais estável, mas isso se deve ao resgate do clássico e folclórico, que o mercado da dança vem buscando e a moda precisa acompanhá-lo.

4) Existe algum tipo de roupa que você prefere desenhar?
Gosto muito de desenhar vestidos, pois como cobrem o corpo todo, eles me dão mais campo para trabalhar e criar recortes que não são possíveis nas saias.

Aguarde, na próxima semana, as dicas para roupas para cada tipo de corpo!

Veja + Dicas
Saias para dança do ventre
O brilho das roupas

%d blogueiros gostam disto: