Tag Archives: nájwa zaidan

Curso: Especialização em danças árabes

15 ago

Meninas se vocês querem seguir carreira na área de dança é bom começar a se focar em cursos, workshops e em tirar um DRT. A sugestão desta vez é o curso de especialização em danças árabes oferecido pela escola ShivaNataraj. Funciona assim: antes de você entrar, passará por uma avaliação de nível. Se já tiver o nível técnico, você terá um diploma reconhecido ao final. Caso não tenha, após a especialização você receberá um certificado.

 

O time de professores é um sucesso e é comandado pela professora Kelly Obara. As aulas são teóricas e práticas e são oferecidas em dois módulos que duram aproximadamente 6 meses. Parece bem legal, pois os horários são bem fáceis de conciliar com as suas atividades do dia a dia. E se achar que não vai dar conta de fazer tudo ainda pode pegar só algumas aulas, como se fossem workshops. Importante: o curso já começou, mas ainda dá tempo de participar. O programa com o conteúdo completo das aulas pode ser visualizado aqui.

Com quem? Kelly Obara, Vanessa Veiga, Maurício Mouzayek,Micheli Nahid, Mahaila el Helwa, Paulo Razec, Fadwa Saide, Lêda Toda, Najwa Zaidan, Ana Claudia Borges, Samantha Nunes, Dana El Fareda e Rose dos Véus.
Quando? A partir de 30/07/2011
Onde? Shiva Nataraj – Rua Bom Sucesso n. 1119 – Tatuapé
Quanto? A escola não informou os valores.
Mais informações: (11) 2296-8969 ou 2295-7892

Videoteca: Nájwa Zaidan (público)

19 nov

O tema “público” já foi tratado aqui na videoteca com a bailarina Mahira Hassan, mas desta vez queremos falar de um detalhe a mais: o que fazer quando se tem público nos quatros pontos?

Para isso escolhemos o vídeo da bailarina Nájwa Zaidan dançando no Shangrila House, escola da Lulu Sabongi. Observe como ela entra e atende aos quatros pontos com giros e deslocamentos. Mas o que fazer depois? Brinque como ela. Em alguns momentos suas poses dão mais atenção para um lado, ora você caminha, enfim, é o seu momento tão próximo do público que você não deve se sentir intimidada. Sinta-se em casa, entregue-se à música porque aquelas pessoas estão ali para te prestigiar.

Ainda vamos ter um post dedicado à carreira desta bailarina, mas sabemos que ela gosta muito mais de dançar improvisado, sentindo a música, do que coreografar. Segundo a Nájwa,  “cada dia estamos de um jeito e se usarmos isso na hora de dançar, fica mais verdadeiro”.

Veja + Videoteca aqui

%d blogueiros gostam disto: