Tag Archives: equilíbrio

Videoteca: Petite Jamilla (giro)

17 set
Fundamental em diversas danças, os giros estão sempre marcando presença. Sejam com detalhes como os ganchos de perna da dança flamenca ou com o alongamento de postura, pernas e braços do balé. No vídeo abaixo, por exemplo, selecionamos uma dança Sufi, na qual o giro é um elemento essencial. Na dança do ventre não seria diferente. Porém, quem pensar que girar é fácil pode estar enganado.

Na dança do ventre, existem diversas modalidades de giros, da música clássica até a folclórica. Muito utilizado é o giro em três tempos. Neste, a bailarina pisa, faz uma transferência de peso de uma perna para a outra, impulsionando o corpo para girar. Em seguida, transfere novamente, finalizando com uma nova passada. Outro tipo é o que você circula em torno do seu próprio eixo. Como na dança do ventre as fusões estão circulando e sempre sendo incorporadas, você logo verá giros no estilo flamenco ou com cambrês, entre outras variações.

Fato é que, independente do passo, um giro precisa ser muito bem dado. Para isso, força nas pernas e na meia ponta é fundamental. Em geral, para não perder o equilíbrio, você pode girar olhando sempre para um ponto no seu corpo, por exemplo, sua mão, seu braço ou seu ombro.

Outro truque muito utilizado, mas que nem sempre é conhecido das alunas é a atenção com o movimento da cabeça. Se preferir, faça como a maioria das bailarinas e escolha um ponto fixo no ambiente para olhar. Tente manter o olhar sobre ele om máximo possível. Para isso, a cabeça é sempre a última a sair no giro e rapidamente chega ao outro lado, dando continuidade ao movimento. E falando nisso, por que não usar Petite Jamilla, a rainha dos giros, como exemplo desta videoteca?

Ela já apareceu em uma biografia do Cadernos e marca presença aqui novamente com a apresentação Elokainu, de Zohar. Ela sempre capricha, chega a ficar a música quase inteira girando, girando, girando… Não suficiente, usa um, dois, três e até quatro véus, pegando os últimos das mãos de uma outra bailarina (veja a apresentação que ela faz em Babelesque, DVD do Bellydancer Superstars).

Lindo, não é? Agora vamos caprichar no treino para manter o eixo e a postura durante muitos giros. Tá bom vai, não precisam ser tantos assim. E você, gosta de girar?

Véu Fan

4 ago

A dança do ventre pode ser antiga, mas uma de suas características mais interessantes é que sempre se mantém atualizada e em desenvolvimento, incorporando inovações e aspectos de outras danças. O véu fan, também conhecido como véu leque, é um exemplo de acessório que só começou a ser explorado em meados dos anos 2000. Super recente, não?

Não se sabe exatamente quem começou a utilizá-lo na dança do ventre, porém a influência original foi a dança oriental, em especial, a coreana, conhecida como Buchaechum, e Odori, a japonesa. Veja no nosso canal do Youtube uma apresentação da fan dance original dos países do Oriente. Compare como são os movimentos e você notará que na nossa bellydance, um véu de seda, foi adaptado para o leque. Repare também que a fan dance influenciou também o uso dos abanicos, leques enfeitados, na dança do ventre.

O véu pode ter diversos tamanhos, mas, em geral, é de 1,50 x 0,70, de 1,70 x 0,70 ou ainda de 2,0 X 0,70 cm.

Para se dar bem com este acessório você precisa treinar os mesmos aspectos da dança com o véu tradicional: equilíbrio, meia ponta alta, postura e leveza. Mas, não se engane. Você precisa fazer bastante força, para manter o véu fan em constante movimento.

Você pode fazer efeitos de ondas grandes e lentas, pequenas e rápidas, de formas circulares (girando os braços ao lado do corpo ou em cima da cabeça, na horizontal), usá-lo como uma cortina, na vertical, ou como um rio na horizontal. Movimentos feitos com véu comum também podem ser repetidos aqui, com as adaptações necessárias.

Acima, assista a performance da bailarina gaúcha Lili Zahira. Não perca também a linda apresentação de Yallar, que assume a frente do grupo Yallaraks. Inspire-se com os vídeos selecionados e solte a sua imaginação!

Veja + Acessórios de dança
Véu duplo
A dança da espada
Dança com pandeiro
A delicadeza das tacinhas
Dança do jarro
Bengala ou bastão
Os snujs
O véu na dança do ventre

%d blogueiros gostam disto: