Curcuna

24 jan

Este ritmo armênio é pronunciado em português como djurdjuna e sua característica principal é a falta de linearidade. De um modo mais simples, ele soa como longo/curto/curto/longo. Este ritmo também é chamado de Nubar, por causa de música conhecida como “nubar nubar” cuja base é o curcuna.

Composição
Ritmo 10/08 o curcuna é agrupado da seguinte forma: 3+2+2+3

Fica assim:

DUM _ _TAKA DUM _ TA TA KA

Sendo que cada “_”, significa um silêncio. Ouça o ritmo abaixo para entender sua estrutura estranha como a do ritmo aksak.

Como treinar
Pegue seus snujs e com uma mão toque os TA e com a outra os KA. Se preferir, bata as duas mãos com os snujs para sair o DUM, tom mais forte. Porém, como este ritmo pode ser tocado mais devagar ou mais lento, é preferível que a bailarina não toque ele, mas sim que brinque com passos.

Dica de passos
Eis um ritmo que dá tempo para bailarina. Pois é, seus espaços permitem que a dança seja mais elaborada, com ligações de movimentos ondulatórios com toques árabes. O importante é não perder o compasso. Você pode marcar os DUM com mais força e dar leves toque nos TA e KA, ou ondular na velocidade de cada toque.

Veja + Ritmos aqui

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: