Videoteca: Petite Jamilla (giro)

17 set
Fundamental em diversas danças, os giros estão sempre marcando presença. Sejam com detalhes como os ganchos de perna da dança flamenca ou com o alongamento de postura, pernas e braços do balé. No vídeo abaixo, por exemplo, selecionamos uma dança Sufi, na qual o giro é um elemento essencial. Na dança do ventre não seria diferente. Porém, quem pensar que girar é fácil pode estar enganado.

Na dança do ventre, existem diversas modalidades de giros, da música clássica até a folclórica. Muito utilizado é o giro em três tempos. Neste, a bailarina pisa, faz uma transferência de peso de uma perna para a outra, impulsionando o corpo para girar. Em seguida, transfere novamente, finalizando com uma nova passada. Outro tipo é o que você circula em torno do seu próprio eixo. Como na dança do ventre as fusões estão circulando e sempre sendo incorporadas, você logo verá giros no estilo flamenco ou com cambrês, entre outras variações.

Fato é que, independente do passo, um giro precisa ser muito bem dado. Para isso, força nas pernas e na meia ponta é fundamental. Em geral, para não perder o equilíbrio, você pode girar olhando sempre para um ponto no seu corpo, por exemplo, sua mão, seu braço ou seu ombro.

Outro truque muito utilizado, mas que nem sempre é conhecido das alunas é a atenção com o movimento da cabeça. Se preferir, faça como a maioria das bailarinas e escolha um ponto fixo no ambiente para olhar. Tente manter o olhar sobre ele om máximo possível. Para isso, a cabeça é sempre a última a sair no giro e rapidamente chega ao outro lado, dando continuidade ao movimento. E falando nisso, por que não usar Petite Jamilla, a rainha dos giros, como exemplo desta videoteca?

Ela já apareceu em uma biografia do Cadernos e marca presença aqui novamente com a apresentação Elokainu, de Zohar. Ela sempre capricha, chega a ficar a música quase inteira girando, girando, girando… Não suficiente, usa um, dois, três e até quatro véus, pegando os últimos das mãos de uma outra bailarina (veja a apresentação que ela faz em Babelesque, DVD do Bellydancer Superstars).

Lindo, não é? Agora vamos caprichar no treino para manter o eixo e a postura durante muitos giros. Tá bom vai, não precisam ser tantos assim. E você, gosta de girar?

Anúncios

5 Respostas to “Videoteca: Petite Jamilla (giro)”

  1. Camila Iara setembro 17, 2010 às 2:15 pm #

    Bom dia!
    Descobri esse site quando pesquisei no Google sobre a linda Renata Lobo. Depois disso entrei todos os dias pra ver os novos posts… Estou AMANDO !
    Eu danço há 8 anos, e a cada ano que passa fico mais empolgada descobrindo que ainda tem infinitas coisas pra aprender…
    Dicas maravilhosas que tem aqui!

    Beijos !

    • Cadernos de dança do ventre setembro 17, 2010 às 4:32 pm #

      Oi, Camila!
      Que legal ver você por aqui! Ficamos felizes que o blog te agradou! Apareça sempre!Se tiver dicas para posts, pode mandar =)
      Seja benvinda!
      Beijoss

Trackbacks/Pingbacks

  1. Videoteca: Soraia Zaied (véu) « Cadernos de Dança - setembro 24, 2010

    […] mas o legal deste vídeo, além de admirar a moça mais uma vez, é que ela começa com belos giros, como a videoteca da semana passada, e ainda com […]

  2. Alika « Cadernos de Dança - setembro 30, 2010

    […] bailarina aqui no blog quando falamos de giros na nossa videoteca. Alika trabalha o giro Sufi (relembre aqui) e também com o estilo clássico da dança do […]

  3. Bendir « Cadernos de Dança - outubro 19, 2010

    […] e Algéria. Hoje, ainda é usado em diversas músicas, folclóricas ou não, em especial nas cerimônias Sufi, Zaar e na música […]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: