Nay

14 set
Diversas flautas usadas nas músicas árabes, cada qual com uma característica própria. Aqui no Cadernos, já falamos da Kawala, do Mijwiz e do Mizmar.
Outro instrumento de sopro muito utilizado é o Nay, também chamado de Nai, Ney, Nye e Tuiduk di gagri.
É da família das flautas e, em persa, significa palheta.
Dizem que em algumas regiões, como na Turquia, este é o principal instrumento da música clássica e pode ser até o único de sopro.
Por isso, estima-se que seja bastante antigo. Há registros em desenhos egípcios que remontam ao século III a.C. . Também é usado em músicas populares, folclóricas e em rituais, como os dos povos sufis, desvishes.
É formado por um bastão com um furo para o polegar e outros seis para os outros dedos, lembrando uma flauta doce. Na ponta, uma boqueira, em geral feita com ossos de animais.
Pode ser feito com bambus, metal ou plástico. Existem nays de diversos tamanhos e cada um possui um nome especial. Na nossa pesquisa encontramos: olahenk, davut, sah, mansur, kizneyi, müstahsen e sipürde.

Assim como a Kawala, produz um som longo e lento. Por isso, se você identificá-lo em uma música, aproveite para explorar as suas melhores ondulações, variando a velocidade conforme o músico estiver tocando.

Lembre-se de que as ondulações podem partir do quadril, tronco e também dos braços e das mãos. Também é possível fazer dança de chão enquanto você ouve este som tão doce e, ao mesmo tempo, melancólico.

No vídeo abaixo, você pode ver um concerto com uma flauta nay, apresentado por Avi Adir, no auditório Byron. Aproveite para reparar como o timbre é bem diferente dos outros instrumentos de sopro que nós já estudamos. Neste outro vídeo, você conhecerá uma outra forma de tocar, mais linear e, portanto, com menos variações.

Dizem que o nay é como o corpo humano, ou seja, precisa ter um sopro que o faça manter a vida. Bonito, não?

6 Respostas to “Nay”

  1. lory setembro 16, 2010 às 4:48 pm #

    Blog bacana, hein?
    Vou linkar.
    Bjos.

    • Cadernos de dança do ventre setembro 17, 2010 às 2:50 am #

      Oi, Lory! Obrigada pela referência!! Seu blog também é muito interessante e dialoga bastante com o nosso, não é? Com certeza vamos indicar seus posts, como já fazemos atualmente com alguns sites bacanas que encontramos. Fique à vontade para dar dicas e sugestões para nós. São sempre muito benvindas!

Trackbacks/Pingbacks

  1. Sonia « Cadernos de Dança - setembro 14, 2010

    […] Seu domínio é tão incrível que ela parece tocar o instrumento com o próprio corpo e demonstra como é se entender com o ritmo tamanha a sintonia que ela possui com o derbake. Atualmente, ela estuda a flauta nay. […]

  2. Videoteca: Taqsim (Nagwa Fouad e Lulu Sabongi) « Cadernos de Dança - outubro 1, 2010

    […] solos de taqsim dos mais diversos instrumentos, como o de violino, kanoon, alaúde, acordeão, nay, rababa, teclado e assim vai. Cada instrumento exige um tipo de movimento diferente. Por exemplo, o […]

  3. Retrospectiva: instrumentos « Cadernos de Dança - dezembro 29, 2010

    […] o derbake. Outros instrumentos conhecemos de bandas e do estudo da musicalidade, como é o caso do nay, presente nas melodias […]

  4. Uma breve história do dabke « Cadernos de Dança - março 9, 2011

    […] Nada de marcações de quadril e ondulações de braços. A música é acompanhada por um derbake, nay ou mijwiz. As roupas tradicionais desta dança são as calças shieruel (ou cirwal) e as botas, […]

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: