Dança com cobra

8 set

A cobra era considerada sagrada no Egito Antigo e tida como um símbolo complexo que representa tanto o masculino quanto o feminino já que dificilmente sabemos o sexo deste réptil.

Em algumas mitologias, a cobra ou a serpente significa energia e consicência imortal e já foi ligada à representação das deusas Isis, Istha, Inana e Deméter. Para fazer a adoração aos deuses, as sacerdotisas dançavam com metais e ouro talhados em formato de cobras, nunca o animal de verdade.

Mas, atualmente é comum encontrar bailarinas corajosas que dançam com cobra reais. Alguns consideram isto um ato circense, outros acreditam que a dança fica ainda mais sensual, mas de qualquer forma, alguns cuidados devem ser tomados.

Primeiro não fique achando que qualquer cobra serve para ser seu acessório durante uma apresentação. Escolha as não-venenosas, claro, e as mais calmas. Saiba que há pessoas que criam esse animais justamente para isso. Procure por eles, se te interessa. Se preferir, crie a sua própia cobra, mas não antes de conversar com Ibama e criadores para você não fazer besteira.

Mantenha o animal bem alimentado e tranquilo para que ele não fique muito estressado quando for dançar. Evite luzes fortes e música muito alta e cuidado ao dançar em meio a multidão. O grande segredo para dançar com a cobra, é manter a calma.

Dizem que se você confia nela, ela confia em você. Na prática isso significa que ela não vai te apertar se você a colocar enrolada em seu corpo e manter a confiança.

Saiba que ela pode sair andando pelo seu corpo, por isso, use uma roupa sem muita pedraria para não machucar a serpente. Quando for pegá-la para colocar em diversas partes do corpo, fique atenta. Pegue no primeiro terço do corpo dela e no terço final para que ela não tenha apoio para dar o bote se sentir ameaçada.

Você pode fazer vários movimentos com ela. Coloque-a em volta do pescoço segurando a cabeça com uma das mãos e brinque com os braços serpentes. Se ela estiver enrolada no seu quadril, aproveite para fazer oitos, camelos…tudo muito suave para não assustá-la.  Você pode amarrá-la no seu braço e fazer o movimento flor de lótus e, enfim, vai da criatividade e da segurança com a cobra.

Para ilustrar este post, escolhemos a apresentação da professora e bailarina de dança do ventre Zohara el Shaddai em comemoração a um ano da escola Luxor de Dança do Ventre da unidade Penha. Ela dançou acompanhada pelo cantor Shaker Akiki em 5 de setembro de 2010. Prepare-se para uma grande surpresa.

Veja + acessórios de dança aqui

7 Respostas to “Dança com cobra”

  1. Barbara setembro 21, 2010 às 9:42 pm #

    Mesmo tendo todos os cuidados, a cobra fica muito estressada com tanto manejo. Além disso não acho que fica tão legal assim. Sei lá sou a favor dos direitos dos animais!

  2. Barbara setembro 21, 2010 às 9:50 pm #

    Essa história de que ela confia em você é um pouco de mito. Você nunca pode esperar que um réptil te veja como dono, pessoa que o alimenta e etc. O comportamento de répteis é totalmente diferente do comportamento de aves e mamíferos. Se um cachorro pode um dia te atacar do nada, a probabilidade disto acontecer com um réptil é muito maior. Eu evitaria!!

    • Cadernos de dança do ventre setembro 22, 2010 às 12:13 pm #

      Oi, Barbara!
      Nós também não temos coragem de dançar com a cobra, mas já vimos em aulas específicas com este animal que a confiança se deve ao fato de evitar a tremedeira, sabe? Relaxar o corpo, porque o réptil pode te atacar se te sentir tensa. É causa e reação, se você apertar ele, pode crer que vai ser apertada rs.
      Já ouvimos falar também que cobra não vê o homem como dono…aí que o medo aumenta hehe. Por isso, só estudamos a dança e admiramos a coragem da bailarina em deixar a cobra passear pelo corpo rs
      Gostamos muito da sua participação aqui no blog! Seja benvinda e venha mais vezes!
      Um beijão

    • JULIA janeiro 17, 2011 às 5:56 pm #

      OI BARBARA PRA ISSO A PESSOA JA TEM ABILIDADE COM ESSE BICHO.

  3. JULIA janeiro 17, 2011 às 5:54 pm #

    MEU DUS Q COISA DOIDA ESSA PESSOA PODE SER MODIDA PELA COBRA A PESSOA Q FAZ ISSO TEM Q SER SUPER PROFISSIONAL COM ISSO MEU DEUS….JULIA

  4. Liduina setembro 13, 2011 às 6:49 pm #

    É uma dança linda e com a utilização da cobra fica mais linda, mostra que a mulher é muito corajosa e sabe lhe dar com diversas situações coisa q certos homens não fazem rs. Parabéns a dançarina

Trackbacks/Pingbacks

  1. Boá « Cadernos de Dança - outubro 6, 2010

    […] Para ilustrar seu uso pop, selecionamos um vídeo gravado em 09 de novembro de 2008 durante a festá árabe da escola Luxor de dança do ventre. O show fica por conta das alunas que, na época, eram do nível intermediário. A coreografia é de Zohara El Shaddai, que já apareceu por aqui com a dança da cobra. […]

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: